Home > Catalogo > Rassegna iberistica > 43 | 114 | 2020 > Do sentimento trágico em Unamuno e Pessoa
cover
cover

Do sentimento trágico em Unamuno e Pessoa

«Les fois que l’impossible au nécessaire se joint»

Francesca Pasciolla    Università Ca’ Foscari Venezia, Italia    

VIEW PDF DOWNLOAD PDF

abstract

Confrontar dois dos escritores e pensadores mais celebrados da Península Ibérica do começo do século XX é um desafio que só se aceita com um grau de circunspeção. No ato, será abordada a tensa relação entre os discursos da criação literária e os da meditação filosófica. No caso de Miguel de Unamuno e Fernando Pessoa, apenas há escassas evidências da consciência mútua dos respetivos escritos. Embora Unamuno não reconheça Pessoa, o autor português estava certamente familiarizado com os escritos do prolífico espanhol, a tal ponto de ter publicado vários textos nos quais rejeitava o pensamento do seu quase-contemporâneo. Todavia, um estudo atento revela que a relação entre as escritas em questão, por ser tão complexa, exige uma análise ulterior.

Pubblicato
21 Dicembre 2020
Accettato
01 Aprile 2020
Presentato
27 Gennaio 2020
Lingua
PT

Keywords: FilosofiaThe tragicO trágicoLiterary creativityCriatividade literáriaPhilosophyMiguel de Unamuno| Miguel de UnamunoFernando Pessoa

Copyright: © 2020 Francesca Pasciolla. This is an open-access work distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License (CC BY). The use, distribution or reproduction is permitted, provided that the original author(s) and the copyright owner(s) are credited and that the original publication is cited, in accordance with accepted academic practice. The license allows for commercial use. No use, distribution or reproduction is permitted which does not comply with these terms.